Quais eram as intenções do Conde Dookan?

dooku

Agosto é o mês das prequels na União Star Wars (USW)! No artigo de hoje, trataremos de um dos vilões mais enigmáticos da saga, o segundo Jedi que vimos cair pro lado negro da força! (o primeiro foi o pai de Luke, correto!?) Quais eram as intenções de Dookan? Por que um respeitoso mestre Jedi escolheu o caminho mais fácil, rápido e sedutor? Enfim, o mistério de Darth Tyranus será revelado aqui nesse artigo, com base em pesquisas, extras de O Ataque do Clones e minha opinião.

Um renomado mestre Jedi. Um controverso idealista político.

AotC_Deleted_TheLostTwenty

Essa é a imagem que temos do personagem, antes de sabermos da verdade dos fato no Episódio II – O Ataque dos Clones. O texto inicial do filme nos fala que Dookan é o misterioso líder do movimento separatista que assola a república. Sendo assim, a Senadora de Nabbo, Padmé Amidala, que está voltando a Coruscant para votar a delicada questão de um exército para proteger republica, é atacada! A Senadora logo desconfia do misterioso líder separatista! Contudo, os jedi sabendo da índole do renomado ex-mestre jedi, afirmam que ele jamais faria isso.

Na ordem jedi, Dookan ficou marcado como um “pensador individual”, um idealista, que perdeu a fé na república, dada a crescente e tamanha corrupção no senado. Esse descontentamento com a democracia deve ter se agravado com os eventos políticos de A Ameaça Fantasma, principalmente com a morte de seu pupilo: Qui-Gon Jinn! Existe uma cena deletada do episódio II que mostra a visão Jedi, controversa e ao mesmo tempo com reverência, sobre a imagem do Conde de Serenno nos arquivos da Ordem Jedi. Vejam a cena:

Infelizmente, sem legendas em português-BR. Mas quem tiver acesso aos extras do blu-ray da trilogia prequels, verá essa cena com melhor imagem e detalhes.

Darth Tyranus!

Dooku_Smile

Somente nos momentos finais de Star Wars: Episódio II O Ataque dos Clones, é que vemos que de fato o líder do movimento separatista era, se não menos, que um Lorde Sith! Um antigo inimigo dos Jedi que conhece suas fraquezas. Quando Padmé e Anakin vão a Geonosis resgatar Kenobi, antes da batalha na arena existe uma cena (deletada) que mostra a clara posição de Dookan para com a república! Padmé tenta agir com diplomacia, com o objetivo de salvar Kenobi, mas o Conde deixa claro que Geonosis, não reconhece a república. A menos que Naboo, sistema que Padmé representa no Senado, se alie a causa separatista. “Não há conserto para a república. Só mesmo recomeçando outra,” afirma categoricamente o Lorde Sith!

Conjecturando, talvez, por isso o Conde Dookan caiu para o lado negro. O ex-mestre Jedi deve ter se cansado da dogmática visão Jedi, além do fato da ordem não intervir na corrução do Senado. Diferente de seu pupilo, Qui-gon, que mesmo discordante do conselho se mantinha firme na Ordem. Já li que Dookan também era xenofóbico em relação as outras raças da galáxia. Tal qual seria a visão do Império instaurado por Palpatine.

“Ao lado negro uniu-se Dookan. Mentiras, fraudes, criar desconfiança são seus métodos agora.”
Mestre Yoda, minutos finais de O Ataque dos Clones.

Cena deletada de duelo de sabres de luz. Não tem em DVD nem em extras de Blu-ray, mas existe!

Cena deletada de duelo de sabres de luz. Não tem em DVD nem em extras de Blu-ray, mas existe!

Na novelização de Matthew Stover para o EP. III, existem mais diálogos entre Palpatine e Dookan, antes de Anakin e Obi Wan invadirem a nave do General Grievous para resgatarem o Chanceler. Nesse diálogo, podemos ver que Darth Sidious pretendia tornar Anakin seu “General do exército Sith”, para tanto seu aprendiz Darth Tyranus (Dookan), deveria se deixar capturar pelo jovem Jedi e ser levado a julgamento em Coruscant (como o próprio Anakin queria ter feito quando derrotou o Conde no filme, lembra?). Seus crimes seriam perdoados e ele seria liberto quando o império fosse instaurado. Contudo, Dookan deveria matar o mestre de Anakin, Obi-Wan, mas, obviamente, isso não passava de uma mentira do Lorde Sombrio de Sith para o seu velhaco aprendiz! E vemos isso muito bem no filme!

“A luta de Anakin contra Conde Dookan no fim do episódio II é 75% mais longa do que você vê no filme. Eu compus uma coreografia lindíssima, que ia crescendo com o tempo e, a uma determinada altura, tanto Anakin quanto Dookan estavam lutando com dois sabres de luz cada. Hayden (Anakin) tinha trabalhado oito semanas naquela cena, mas aí eles a cortaram e a editaram diferentemente para poderem adicionar a parte do Yoda digital. O que você vê hoje tem parte do começo no fim, parte do fim no começo…”.

(Nick Gillard, coreografo de todas as cenas de lutas das prequels, sobre a luta final do EP. II, durante a Celebration III em Abril de 2005)

Infelizmente, no dia 07 de junho de 2015, o nosso Conde Dookan, que foi vivido pelo lendário ator Christopher Lee, se uniu a Força de fato, falecendo aos 93 anos. Deixando sua marca com interpretações sempre marcantes nas mais importantes franquias nerds, além de Star Wars e Senhor dos Anéis, Lee também foi o Conde Drácula dos filmes da produtora inglesa Hammer, nos anos de 1950 a 70. Também deixou sua marca na franquia 007, interpretando o vilão Francisco Scaramanga nos anos 1970. Sua relevância e papéis no cinema são enormes e, curiosamente, já no primeiro Star Wars, Uma Nova Esperança, George Lucas queria Christopher Lee para viver o Grand Moff Tarkin. Não sendo possível, o papel ficou a cargo de Peter Cushing, grande amigo de Christopher Lee e parceiro seu nos filmes de horror da Hammer. Em 2002 Christopher Lee, deixa sua marca na saga espacial.

“Eu precisava de um Jedi mais velho, que fosse aposentado da Ordem, que fosse bom. Resolvi pegar uma pessoa mais elegante e sofisticada, que lembrasse Obi-Wan Kenobi mais velho.”
(George Lucas, sobre o Conde Dookan em O Ataque dos Clones)

dookan

“Um jedi de muitos combates com um poder imenso, tanto mental como físico. O que mais um ator pode querer além de estar em uma história que foi imortalizada para milhões de pessoas? É bastante compensador, muito envolvente e mágico.”

(Christopher Lee, sobre o Conde Dookan em O Ataque dos Clones)

uploads-1434048867-lee3

E esse foi mais um artigo/homenagem para o mês das prequels, da União Star Wars. Não tive tempo de pesquisar e postar nada sobre Dookan nas animações Guerras Clônicas e The Clone Wars, mas reconheço o valor que tem ali. E os artigos continuam! Até a próxima e que a força esteja com vocês!!!